Gruta da Lapinha/Lapinha´s Cave

Este é mais um capítulo da série “Por que não vi isso antes?”, mas, sempre há oportunidade, felizmente!

A Gruta da Lapinha faz parte do Circuito das Grutas de Minas Gerais (tendo também as Grutas do Maquiné e Rei do Mato entre as mais conhecidas).

A Gruta da Lapinha fica no munícipio de Lagoa Santa (reconhecida como o berço da Paleontologia Brasileira), distante cerca de 40 km de BH, que além de contar com a Gruta, também apresenta a bela orla da lagoa, propriamente dita.

lund Peter Wilhelm Lund  foto:http://www.lagoasanta.com.br/homem/peter.htm

A Gruta da Lapinha tem sua história iniciada pelas mãos do naturalista e paleontologista dinamarquês Peter Wilhelm Lund, considerado o “pai da paleontologia brasileira”.

Por volta de 1835, Dr. Peter Lund fez uma descoberta que abalou a ciência do século XIX: ele encontrou, na região de Lagoa Santa, cerca de 30 ossadas humanas junto com ossadas de animais pré-históricos, o que evidenciou dois pontos:

  1. os primeiros nativos do Brasil não foram os índios, mas sim, esses humanos de origem asiática, dos quais descendem “LUZIA”, a mulher mais antiga do Brasil que existiu há cerca de 12.000 anos.
  2. houve a convivência entre humanos e animais pré-históricos como tigres dente-de-sabre e megatérios (preguiça-gigante) .

obs. tais informações foram fornecidas por Erika Bányai – historiadora e responsável pelo Museu da Lapinha.

A Gruta da Lapinha localiza-se dentro de um parque, no qual também encontra-se o Museu Arqueológico da Lapinha. E aqui, um comentário. Na verdade, um protesto e um pedido.

O Museu da Lapinha foi idealizado pelo fotógrafo húngaro, Mihály Bányai, que morava na região de Lagoa Santa desde 1963 e, preocupado com a devastação dos sítios e achados arqueológicos, iniciou a coleção de tais artefatos, possibilitando o surgimento do museu (a saga do seu trabalho pode ser conhecida através do livro “Minhas Pesquisas Arqueológicas na Região de Lagoa Santa”).

O museu é pequeno, mas guarda informações e artefatos valiosos (cerca de 4.500 peças) e poderia contar com uma melhor infraestrutura se houvesse apoio do governo e/ou empresas. Mantém-se apenas da venda dos ingressos, a R$ 3,00, e souvenirs.

foto_erikaErika Bányai foto:www.lagoasanta.com.br

O museu ainda está sob a administração da família Bányai e, cabe salientar que a dedicação e o profissionalismo de Erika Bányai, responsável pelo museu e historiadora, faz a visita muito interessante.

Falando um pouco mais da Gruta, esta é de formação calcária e estima-se sua formação há cerca de 600 milhões, quando aquela região ainda estava submersa. Ainda hoje a gruta sofre modificações devido a ação das chuvas, alterando as formações rochosas. O percurso autorizado a visitação é curto, cerca de 550 metros e traz belas imagens.

VISITAÇÃO:

Conheçam agora um pouco da Gruta da Lapinha.

(fotos indicadas com K foram tiradas por Kaio César de Oliveira)

_____________________________________

This is another chapter of the serie “Why haven´t I seen this before?”. Fortunately, there is always an opportunity!

Lapinha´s Cave belongs to Minas Gerais Cave Circuit (also presenting Maquine and Rei do Mato caves as the most famous ones).

Lapinha´s cave is located in Lagoa Santa, a town 40 km far from Belo Horizonte and recognised as “The Craddle of Brazilian Palaentology". The town also presents the beautiful lake which named it.

Lapinha´s cave has its history initiated by the Danish Naturalist and Palentologist Peter Wilhelm Lund, recognised as “father of Brazilian Palaentology”.

By the year of 1835, dr. Peter Lund made a discovery which caused strong impact in 19th Century Science Knowledge: he found, in the region of Lagoa Santa, bones of 30 mankind together with bones of prehistoric animals, emphasising two points:

  1. the first Brazilian natives were not the indians, but these asian origin mankinds, among them there is ‘LUZIA” the most ancient brazilian women (who lived there 12,000 years ago).
  2. it proved that mankind and prehistoric animals lived together in the same period

PS. this information was given by Erika Bányai – historian and responsible for Lapinha´s Museum.

Lapinha´s cave is inside a park, as well as the Archaeological Museum. And I must give this comment.

This Archaeological Museum was “founded” by the hungarian photographer Mihály Bányai, who had been lived in Lagoa Santa since 1963, and worried about the devastation of the archaeological sites and findings, started a collection of them. This private collection became the Museum Collection.

It is a small museum but it presents important artefacts (around 4,500 pieces) and information. And it could have a better infrastructure if some financial support from government/companies were provided. The museum´s revenue comes from R$ 3.00 tickets and souvenirs.

The museum is still under family Bányai management and I would like to underline the dedication and professionalism of Erika Bányai, who made the visit pretty interesting.

Some more details of the cave itself. It was formed around 600 million years ago. In that period the area was submerged. The cave is still under a process of modification due to rain as it is a limestone cave and the length of tour is 550 metres.

VISIT INFORMATION:

Now, a little of Lapinha´s Cave

(photos indicated with K letter were taken by Kaio Cesar de Oliveira)

No caminho para a Lapinha / On the way to Lapinha

IMG_6090 IMG_6113IMG_6100o museu / the museumIMG_6909  IMG_6910   IMG_6911 IMG_6913    IMG_6914 IMG_6915 IMG_6916 IMG_6912   IMG_6918 IMG_6920

o parque/the parkIMG_6316IMG_6320 IMG_6312 IMG_6332

IMG_6198(k)IMG_6907

Eremotherium Laurillard ou preguiça-gigante do período Pleistoceno / Eremotherium Laurillard or ground sloth from PleistoceneIMG_6183 IMG_6199 IMG_6200 e a Gruta da Lapinha / and the cave itself (k)

IMG_6953 IMG_6216 detalhes do teto / details from the topIMG_6219 IMG_6221 IMG_6222 IMG_6224adentrando a gruta / going into the cave (k)IMG_6977IMG_6236 IMG_6240iniciando uma estalactite / the beginning of a stalactiteIMG_6244 IMG_6254 IMG_6257 IMG_6266 IMG_6271 IMG_6273(k)IMG_6965(k) IMG_6956lembra o mapa do Brasil / it reminds Brazilian Map (k)IMG_6981(k)IMG_6998 (k)IMG_6996IMG_6290 (k)IMG_7044IMG_6293

(k)IMG_7007 (k)IMG_7015 (k)IMG_7021 a saída / the exitIMG_6189

Um comentário em “Gruta da Lapinha/Lapinha´s Cave

  1. Olá, Ricardo!
    Obrigada pelo e-mail!
    Seu blog é de muito bom gosto!
    Sou realmente apaixonada por fotografia. Não sei se você leu o meu perfil, mas larguei tudo para viver essa emoção.
    Seja sempre bem vindo!
    Forte abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *